quinta-feira, 27 de setembro de 2012


Café, Livros e Ciência é um projecto de comunicação de ciência com o objectivo de promover a leitura de livros de ciência junto do público em geral, num ambiente informal, onde o café acompanha os livros.
Trata-se de uma parceria entre o Centro Ciência Viva Rómulo de Carvalho em Coimbra, o Museu da Ciência de Coimbra, e a Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro que acontece uma vez por mês, percorrendo cada instituição parceira.
Os eventos contam com uma cobertura multimédia que será colocada na internet de cada parceiro”.

"A Matemática em Portugal, uma questão de educação" parte de uma análise de alguns momentos históricos particularmente importantes para a Matemática em Portugal, desmontando várias ideias preconcebidas e concluindo que a razão essencial para a nossa irrelevância matemática e científica deve ser encontrada numa história de enorme debilidade do ensino das ciências em Portugal (…)”.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Noites de São Bento

‘Um percurso de actualidade e história’


Pelo 12º ano consecutivo, as Noites de São Bento vão realizar-se durante os dias 27, 28 e 29 de Setembro, estando as lojas abertas das 19h às 24h.

A edição deste ano conta com a participação da Casa Fernando Pessoa e do projecto ‘Pessoas’, protagonizado pelo actor Nuno Gonçalo Rodrigues [leitura de poemas e tertúlia com os heterónimos]. ‘Um percurso de actualidade e história’.

A Rua de S. Bento será um percurso a visitar com coordenadas tão visíveis como o quartel general do Marechal Duque de Saldanha, o nº 19 onde viveu Fernando Pessoa, o 458 onde nasceu Alexandre Herculano, a Assembleia da República…
Saber mais

segunda-feira, 24 de setembro de 2012


 EM PAPEL...

HISTÓRIA DO DESIGN GRÁFICO, DESDE 1377





500 desenhos gráficos, em formato A4 onde podemos encontrar capas de revistas (Rolling Stone, Esquire…) ou de discos, páginas de jornais, logótipos, posters de filmes e de publicidade…

A partir de hoje, 24 de Setembro de 2012, às 18.30H, com um grau de importância reconhecidamente alto, a Gulbenkian vai disponibilizar um sítio digital em que se podem encontrar os 61 números da revista Colóquio, Revista de Artes e Letras que cobrem o arco do tempo de 1959 a 1970. 

"Nas suas páginas podem encontrar-se textos de praticamente todos os grandes nomes do ensaio, da crítica, da arte e da literatura da segunda metade do século XX."

Em simultâneo proceder-se-á ao lançamento da edição 181 da revista Colóquio Letras que, entre outras matérias, contém um dossiê sobre Ruben A e conta com a presença de Eduardo Lourenço, Nuno Júdice e Guilherme d'Oliveira Martins.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


Livro da autoria dos Médicos dentistas e docentes da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Ana Daniela Soares, Ana Luísa Costa e João Carlos Ramos, incide na promoção da saúde oral junto do público infanto-juvenil e inscreve-se, a partir de agora, no Projeto SOBE.

SABER MAIS

quinta-feira, 20 de setembro de 2012



"Europa", 1993-2003
Paulo Nozolino

USURA
(em referência a um poema de Ezra Pound, ‘With Usura’)


Exposição de Fotografia de Paulo Nozolino

Galeria do BES Arte e Finança, Marquês de Pombal, até dia 04 de Janeiro, com curadoria de Sérgio Mah.
Trata-se de uma  mostra, composta por 9 trípticos de fotografias a preto e branco, que reúne trabalhos realizados ao longo de dez anos.

CANTO XLV – COM USURA

Com usura homem algum terá casa de boa pedra
cada bloco talhado em polidez
e bem ajustado
para que o esboço envolva suas faces,
com usura
homem algum terá paraíso pintado na parede de sua igreja
harpes et luz
ou onde a virgem receba a mensagem
e um halo projeta-se do inciso,
com usura
homem algum vê Gonzaga seus herdeiros e concubinas
pintura alguma é feita pra ficar
nem pra com ela conviver
só é feita a fim de vender
e vender depressa
com usura, pecado contra a natureza,
sempre teu pão será rançosas códeas
sempre teu pão será de papel seco
sem trigo da montanha, sem farinha forte
com usura uma linha cresce turva
com usura não há clara demarcação
e homem algum encontra sua casa.
O talhador não talha sua pedra
o tecelão não vê o seu tear
COM USURA
não vai a lã até a feira
carneiro não dá ganho com usura
a usura é uma peste, usura
engrossa a agulha lá nas mãos da moça
E só pára a perícia de quem fia. Pietro Lombardo
não veio via usura
Duccio não veio via usura
Nem Pier della Francesca; Zuan Bellini não pela usura
nem foi pintada ‘La Calunnia’ assim.
Angelico não veio via usura; nem veio Ambrogio Praedis,
Não veio Igreja alguma de pedra talhada
com a incisão: Adamo me fecit.
Nem via usura St. Trophime
Nem via usura Saint Hilaire.
Usura oxida o cinzel
Ela enferruja o ofício e o artesão
Ela corrói o fio no tear
Ninguém aprende a tecer ouro em seu modelo;
o azul é necrosado pela usura;
não se borda o carmesim
A esmeralda não acha o seu Memling
A usura mata o filho nas entranhas
Impede o jovem de fazer a corte
Levou paralisia ao leito, deita-se
entre a jovem noiva e seu noivo
CONTRA NATURAM
Trouxeram meretrizes para Elêusis
Cadáveres dispostos no banquete
às ordens da usura.

EZRA POUND,
Tradução de José Lino Grunewald


“A Trienal Movimento® Desenho 2012 será o primeiro evento a nível nacional a eleger o Desenho português como protagonista. Este Movimento nasce com a intenção de dar uma visão ampla sobre o Desenho em todas as suas manifestações materiais e artísticas, sem excluir qualquer suporte ou riscador. Queremos mostrar Desenho!”
“Queremos divulgar o nível elevado de talento dos autores portugueses e o trabalho dos agentes culturais e instituições que transmitem o Desenho ao público. Queremos mostrar o Desenho dos tradicionais riscadores - lápis, caneta e tinta - mas também o Desenho que usa técnicas de registo diferentes; o Desenho para estudos e croquis; o Desenho meticulosamente produzido com a ajuda de instrumentos técnicos; o Desenho espontâneo; os rabiscos; o Desenho narrativo; o Desenho conceptual; o Desenho figurativo; o Desenho abstracto, entre outros”.

SOBE - SAÚDE ORAL, BIBLIOTECAS ESCOLARES


quarta-feira, 19 de setembro de 2012


A Sociedade do Espectáculo

http://www.antigona.pt/
catalogo/a-sociedade-do-espectaculo-213/
Num mundo realmente às avessas, o verdadeiro é o momento do falso. [Guy Debord]

Publicada em 1967, A Sociedade do Espectáculo é a obra filosófica e política mais famosa de Guy Debord e uma análise impiedosa da invasão de todos os aspectos do quotidiano pelo capitalismo moderno. O espectáculo, segundo o autor, «uma droga para escravos» que empobrece a verdadeira qualidade da vida, é apontado como uma imagem invertida da sociedade desejável, na qual as relações entre as mercadorias suplantaram os laços que unem as pessoas, conferindo-se a primazia à identificação passiva, em detrimento da genuína actividade. O autor afirma que «quanto mais [o espectador] aceita reconhecer-se nas imagens dominantes da necessidade, menos compreende a sua própria existência e o seu próprio desejo».



Filme: A Sociedade do Espetáculo
Direção: Guy Debord
Ano: 1973

terça-feira, 18 de setembro de 2012


Decorre nos dias 28 e 29 de Setembro de 2012, no CCB, a 3ª edição do Festival Big Bang, Projecto internacional em que intervêm a Zonzo Compagnie (Bélgica), CCB (Portugal), Stavanger Konserthus (Noruega), Ópera de Lille (França), BOZARPalais des Beaux-Arts (Bélgica), Onassis Cultural Centre (Grécia), Palace of the Arts (Budapeste,Hungria) e Festival Kinder Kinder (Hamburgo, Alemanha).
Trata-se de um festival de música e de aventuras para crianças dos 4 aos 12 anos que “faz parte de uma iniciativa da Zonzo Compagnie e visa a criação de uma plataforma de encontro de compositores, músicos, performers e dos seus projectos de criação, tanto portugueses como europeus, de forma a estimular e contribuir para o desenvolvimento da produção e apresentação de música não comercial para crianças”.

PROGRAMAÇÃO

UMA CHAVE
PARA
O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO


OUTUBRO 
 MÊS INTERNACIONAL
 DAS  BIBLIOTECAS ESCOLARES

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

SOBE
SAÚDE ORAL, BIBLIOTECAS ESCOLARES

Os destinatários do Projeto SOBE - Saúde Oral, Bibliotecas Escolares, têm agora, ao dispor, uma ferramenta essencial para desenvolverem as suas próprias ideias no âmbito da Saúde Oral: www.sobe.pt
Está a ser enviada, para todas as bibliotecas, uma chave de ativação que vai servir para que os professores e educadores se possam registar.
Após efetivação da conta, devem criar um nome de utilizador e uma palavra passe com que poderão aceder às diversas matérias.

A sua chave de ativação pode ser validada a partir de 18 de Setembro de 2012

 


Aumentar a qualidade da divulgação e informação sobre saúde oral
Incrementar parcerias com as escolas e outras instituições
Consciencializar as famílias para a importância desta área da saúde Fazer prevenção da saúde oral, cada vez mais precoce, junto das crianças de todo o tecido socialGizar estratégias de promoção da leitura e da escrita tomando como pretexto o desenvolvimento do programa de prevenção da saúde oral

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Dia Mundial da Saúde Oral
12 de Setembro de 2012

 Lançamento do PROJETO SOBE 
Saúde Oral Bibliotecas Escolares


11.00H / 12.00H

 A saúde oral e o prazer de ler e contar uma história

DGS – Direcção-Geral de Saúde
PNL – Plano Nacional de Leitura
RBE – Rede de Bibliotecas Escolares
  
Se imaginamos um caminho, acreditamos ser possível percorrê-lo.
O Plano Nacional de Leitura, a Rede de Bibliotecas Escolares e a Direcção-Geral de Saúde celebraram um protocolo, em Julho de 2011, que visa desenvolver ações de promoção da leitura, da felicidade e da saúde, centradas no projeto SOBE que reúne as duas valências: saúde oral e bibliotecas escolares.
O projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares) propõe um desafio: subir - subir na qualidade da divulgação da saúde oral; subir no número de parcerias com as escolas e outras instituições; subir no grau de perceção da importância que esta área da saúde tem para as famílias e as crianças.
A marca de água do projeto SOBE é fazer com que a integração da temática da saúde oral nos currículos escolares se torne inevitável.
Criámos um conjunto de materiais, o Kit SOBE, pensado para trabalhar a temática da Saúde Oral de uma forma flexível, integrada, dando autonomia criativa às escolas, às bibliotecas e aos seus responsáveis e que irá ser distribuído a todas as Bibliotecas Escolares, de modo a que se constitua como ilustração para o ulterior desenvolvimento de iniciativas autónomas, no seu universo de influência.

 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012


EDUCAÇÃO RODOVIÁRIA
PARA A EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E ENSINO BÁSICO 
ACP Kids

ANO LETIVO 2012/2013



50 mil alunos e 3 mil professores


O Programa Nacional de Educação Rodoviária - PNER é um projeto piloto, inédito na comunidade escolar, que conta com a participação do Plano Nacional de Leitura e da Rede de Bibliotecas Escolares e visa estimular comportamentos de segurança rodoviária já desde o presente ano letivo.O ACP Kids – Programa Nacional de Educação Rodoviária, PNER, é um projeto-piloto, dirigido aos alunos de educação pré-escolar e dos 1.º e 2.º anos do 1.º Ciclo do Ensino Básico dos estabelecimentos de ensino público e privado, de Lisboa e Porto, contemplando múltiplas iniciativas e ações ao longo do próximo ano letivo.

Com o objetivo de alterar o figurino de flagelo que continua a assolar a realidade rodoviária nacional e entendendo que o cruzamento de estratégias de aprendizagem junto dos educandos mais novos permite criar redes cada vez mais abrangentes de atenção e cuidado nos meios sociais onde estão implantados, foi formalmente apresentado às entidades parceiras e à comunicação social, na sede do ACP Lisboa, ontem, 06 de Setembro de 2012, o Projeto PNER e assinado o respetivo protocolo.

 No âmbito deste projeto pioneiro serão enviados materiais didáticos para as escolas aderentes, tanto a professores como a alunos, para que possam realizar atividades na sala de aula. Entre o conjunto de materiais referentes à educação rodoviária encontram-se um DVD, com o vídeo lúdico-pedagógico ACP Kids, um tabuleiro de palavras cruzadas em duas versões, um para os alunos do pré-escolar e outro para os dois primeiros anos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, e o Livro “Vicente em Viagem”, o primeiro livro de prevenção rodoviária infantil do ACP e que conta com a recomendação do Plano Nacional de Leitura.