sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Um Livro, um Amigo…

Logo que chego a casa
Imagens fabulosas encontro
Vou buscá-las aos livros
Rapidamente os devoro
http://oexploradorcultural.blogspot.pt/
Ora vou descobrindo coisas
Sabendo que os adoro

Inspiraram-me na vida
Nos bons e maus momentos
Sempre estiveram presentes
Podiam ter desaparecido
Ido embora
Reparei que ficaram aqui
Aqui ao pé de mim
De repente acordei
 
O livro não é um amigo qualquer
Recusa-se a falar
Embora muito calados
Seu silêncio me cativou

Do infantário ao colégio
Inseparáveis de mim
Via-os todos o dias
Eu sou mesmo assim
Roxos ou azuis
Todos eles me agradam
Impressionantes descobertas

Dourados de tanto valor
O seu valor incalculável
Sempre muito apetecível.

Agora sou mais esperta
Mas não totalmente,
Intermináveis leituras,
Gosto das aventuras
Os livros são meus amigos,
Sempre me fizeram contente.

Presente, Passado e Futuro,
Ainda não deixei de ler
Raramente me esqueço,
Amigos não são para esquecer.

Agora vos direi…

Viver é ler,
Inigualáveis histórias
Daquelas intermináveis
Antigas e memoráveis.
  
Ana Lúcia Carvalho
11 anos, 6ºD
Colégio Vasco da Gama

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O LIVRO DE MAGIK



"Dois distintos professores entram em conflito por discordarem sobre a existência do livro de Magik, um antigo Tomo perdido que regista a história da magia ao longo dos tempos e que, como todos os objetos mágicos, foi ganhando poder com o passar dos anos. A recuperação deste poderoso livro, irá permitir, finalmente, a confirmação da história da magia através dos tempos.

Magott, um antigo ser mágico primordial, aproveita-se da pesquisa dos dois professores para tentar apoderar-se do  livro de Magik e, finalmente, libertar-se da dimensão onde foi aprisionado pela ordem dos guardiões do Livro de Magik para proteger os seres humanos da sua maldade.

Um espetáculo que utiliza as artes circenses conjugadas com o teatro, a interatividade com o público, a ópera e a dança."


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

 BELA ADORMECIDA


“Para a festa de batismo da Princesa são convidadas doze fadas como madrinhas e cada uma delas leva um dom para lhe oferecer de presente: a beleza, o talento musical, a inteligência, e outras bênçãos muito apreciadas. Uma das fadas, porém, leva uma vingança antiga contra o rei e lança um feitiço à pobre Princesa, condenando-a a picar o dedo num fuso, assim que atingir a idade adulta… e a morrer. Como ainda restava um presente, a 12ª fada consegue suavizar a maldição e transformar a morte num sono profundo de cem anos, que só um amor verdadeiro pode despertar.

A história haverá de desenrolar-se, como se conhece, e chegar ao fim, como se eternizou. É precisamente nesse ponto, onde o conto termina, que começa este espetáculo, a partir da obra de Robert Walser, com encenação de António Pires.
Esta peça é construída ente o conto de fadas e a noite – a noite mal iluminada por pobres lampiões de esperança, a noite e Walser -, por onde vagueiam as mesmas personagens de sempre, mas agora, mais tristes, mais desencantadas, talvez mais humanas. São as lágrimas que choram que fazem avançar a narrativa, em soluços, como a melodia soluçada da poesia de walseriana.

O trabalho de criação desta Bela Adormecida é feito em torno da especificidade de uma voz e de um movimento desprovidos de técnica. Assim, para o espetáculo, procurou-se encontrar pessoas comuns, como que sem nada de especial; atores com pouca experiência em palco, desprovidos de técnica, quase selvagens, mas com a nobreza quase infantil da obra e da poética de Walser.”


4 A 30 DE DEZEMBRO

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Livraria Lello, Porto


'Jovens Autores de Histórias Ilustradas'

The 28th Picture Book Grand Prize "Picchi to Rita Mayonaka no Saakasu"

NISSAN PROCURA NOVOS TALENTOS
NA ESCRITA E NA ILUSTRAÇÃO
·   Nissan lança concurso nacional “Jovens Autores de Histórias ilustradas”
·   Plano Nacional de Leitura chancela concurso
·   Leya editará livro com trabalhos vencedores
·   Júri integra personalidades e entidades de reconhecidas competências
·   Mais de 900 escolas e 400 mil alunos envolvidos

"(...) Sendo a primeira vez que se realiza na Europa, esta iniciativa enquadra-se no conceito de “Cidadania Azul” da Nissan, em particular na vertente de responsabilidade social corporativa e tem como objectivo estimular as competências dos adolescentes, com vista à identificação de potenciais novos talentos nas áreas da escrita e da ilustração em Portugal.
A temática desta primeira edição é a Mobilidade Sustentável e os destinatários são os alunos do ensino secundário, a quem será proposto o desafio da criação de uma história original e da sua posterior ilustração, alusivas à temática.

“(...) o Plano Nacional de Leitura saúda vivamente esta iniciativa da NISSAN, à qual se associa com entusiasmo, na medida em que um concurso como este pode contribuir para estimular a criatividade dos adolescentes, tanto ao nível da escrita como da ilustração, permitindo também a difusão do seu trabalho por muitos leitores [Fernando Pinto do Amaral, Comissário do PNL](...)"

SABER MAIS

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012



“A Fundação EDP apresenta no Museu da Eletricidade uma grande exposição dedicada ao riso. Organizada com as Produções Fictícias, “Riso: Uma Exposição a Sério” conta com pintura, desenho, instalações, vídeo, fotografia, escultura e performances, cinema, BD, programas de televisão, espectáculos, literatura, obras de artistas nacionais e internacionais, oriundas de alguns dos mais importantes museus e colecções particulares.
Comissariada por José Manuel dos Santos, João Pinharanda, Nuno Artur Silva e Nuno Crespo, este projeto parte de uma profunda investigação acerca dos dispositivos cómicos e humorísticos, tal como foram e são utilizados por diferentes protagonistas, em diferentes tempos e em diferentes áreas.
“E porque nada é mais sério do que o riso, fazer uma exposição sobre este tema é, na nossa época, pensar criticamente a vida, o mundo, a sociedade”, refere José Manuel dos Santos, diretor Cultural da Fundação EDP. Da arte à história, da literatura ao cinema, da filosofia à teologia, da política à sociologia, da psicologia à medicina, a exposição conta com também com algumas obras inéditas encomendadas pela Fundação EDP especialmente para esta exposição
 “Riso: Uma Exposição a Sério” é composta quase meio milhar de obras de mais de 300 artistas e ocupa todo o piso de exposições do Museu da Eletricidade.  Depois de grandes exposições biográficas (Callas, Amália), temáticas (POVO/People, LÁ FORA) e de arte moderna e contemporânea (Manuel Baptista, Vick Muniz, Julião Sarmento, Joana Vasconcelos, Edgar Martins, Vieira da Silva, Vitor Pomar, Prémio EDP Novos Artistas), apresentadas no Museu da Eletricidade, em Belém, a Fundação EDP marca a rentrée com esta exposição que tem as portas abertas ao público até 17 de Março de 2013.
A entrada na exposição – que está aberta todos os dias – exceto à 2ª feira - , das 10h00 às 18h00, tem entrada gratuita. As visitas guiadas e os ateliers para crianças estão sujeitos a marcação prévia.”

Coletiva
20 outubro 2012 a 17 março 2013
Lisboa
Museu da Eletricidade
Entrada gratuita
A Fundação EDP e as Produções Fictícias, apresentam “Riso: Uma Exposição a Sério”. A partir de dia 20. Entrada gratuita.

A Naifa - Gosto da cidade

terça-feira, 11 de dezembro de 2012


A Matemática, o Universo e tudo o resto
Ciclo Conferências Matemática, a Ciência da Natureza
Auditório 2 [Gulbenkian] - Quarta, 12 dez 2012  |  18:00 - Entrada livre
Transmissão directa nos espaços adjacentes
Transmissão online compatível com IPHONE | IPAD | Android: http://www.livestream.com/fcglive
Videodifusão http://live.fccn.pt/fcg/

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012


Festival de Cinema e Vídeo
 de curtas-metragens baseadas em livros e bibliotecas


5º VOLUME
  "Face a ler Livros! Gosto! Curti! Like!"

Procura-se: "Amadores" (de "pessoa que ama") de Livros e Bibliotecas
Desafio: Fazer um filme (também em vídeo ou telemóvel), contar a sua história e provar o quanto gostam da sua Biblioteca e/ou de um Livro(s)
Data: até 2 de abril de 2013 - Dia Internacional do Livro Infantil 

 
CAPÍTULOS:
Concurso de vídeos através do YouTube, com 17 categorias. Até 3,14 minutos.
A decorrer online para os melhores trailers de livros colocados em sítios de vídeos como o YouTube. [também poderão participar ao Curta BiblioFilmes]

3º- 
Curta BiblioFilmes
Curtas-metragens sobre ou inspiradas em livros e bibliotecas. Até 30 minutos.
Apoios 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A implementar de Janeiro 2013 a Dezembro de 2014 em quatro freguesias do concelho de Silves, desdobra-se em três vertentes principais:
     1.    Criação de bibliotecas nas sedes das associações culturais e recreativas
2.    Constituição de uma rede de núcleos locais de voluntários da leitura e de clubes de leitura
3.    Dinamização de ações sistemáticas de incentivo à leitura para públicos diferenciados em contextos particulares nas freguesias. 
Os objetivos perseguidos são a promoção da leitura informal e da narração oral; maior apoio e aproximação às populações culturalmente mais carenciadas; estimulação dos movimentos de voluntariado de leitura e convocação de uma prática descentralizada das vivências culturais.
Trata-se de um projeto em que são parceiros o Plano Nacional de Leitura, Fundação Calouste Gulbenkian, o projeto “Voluntários de Leitura” (do Centro de Investigação para Tecnologias Interativas da Universidade Nova de Lisboa), a Secretaria de Estado da Cultura/Direção Regional de Cultura do Algarve e o jornal Terra Ruiva.




O que queremos fazer?
+ Criação de bibliotecas em vários espaços das freguesias
+ Formação de núcleos locais de voluntários da leitura e de clubes de leitura
+ Ações continuadas de incentivo à leitura e de promoção da literacia em contextos públicos e privados, dirigidas a vários tipos de público
Quem vai beneficiar?
População das freguesias do concelho de Silves
Quem pode candidatar-se?
Associações culturais e recreativas
Instituições privadas de solidariedade social
Juntas de Freguesia
(inscrições abertas até 31de dezembro de 2012)
Quem coordena?
Biblioteca Municipal de Silves
[Sector de Bibliotecas e Documentação do Município de Silves]
Como contactar-nos?

SABER MAIS

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012


Bairro Alto: 498 anos de vida
Entre 11 e 18 de Dezembro de 2012 vão, pela segunda vez, decorrer celebrações de aniversário do Bairro Alto não já, como em 15 de Dezembro de 1513, para começar a construir habitações nesta zona, então Vila Nova de Andrade, mas para, através de múltiplas actividades culturais, cantar os parabéns a uma das mais emblemáticas zonas de comércio e lazer da cidade de Lisboa. Sob o tema Bicicletas ao Alto, a Associação de Comerciantes do Bairro Alto convida todas as pessoas para uma zona que "O Bairro Alto é uma ilha que está isolada. Durante o dia está a desertificar-se e está excessivamente dependente da noite. Nós pretendemos um equilíbrio e reanimar o bairro durante o dia".

terça-feira, 4 de dezembro de 2012



Comissariada por João Fernandes e James Lingwood, respectivamente director e curador do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, estará patente, até 03 de Março de 2003, a obra em retrospectiva de Julião Sarmento, artista que, no decorrer dos últimos quarenta anos, tem feito circular a sua produção por centros de cultura tão reconhecidos como, entre outros, a Tate Modern, em Londres, a Pinacoteca de São Paulo ou o Centro de Arte Reina Sofia, em Madrid. A exposição será complementada por uma monografia relativa à obra do artista.

Através de técnicas diversas como a pintura, o desenho, a escultura, a instalação, o cinema, a fotografia, a performance, a mostra evidencia abordagens temáticas ligadas ao desejo, à ausência, ao tempo, à linguagem.