segunda-feira, 28 de setembro de 2015

ANTERO E A CULTURA CRÍTICA DO SÉCULO XIX

Colóquio Internacional
28 a 30 set/2015 



A “Questão Coimbrã”, a “Geração de 70”, Antero de Quental e as Odes Modernas, uma nova visão da literatura e das contingências sociais – Questões de Bom senso e bom gosto 
 PROGRAMA  






NO TEMPLO


I


O Povo há-de inda um dia entrar dentro do Templo,
E há-de essa rude mão erguer-se sobre o altar;
E há-de dar de piedade um grande e novo exemplo,
E, ao púlpito subindo, o mundo missionar.

Heis de essa voz solene ouvir — na nave augusta
O canto popular ao longe soará;
E a pedra, carcomida às mãos do tempo e adusta,
Ansiosa palpitando, o hino escutará!

O Povo há-de fazer-se, então, bispo e levita;
   E será missa-nova a missa que disser:
E há-de achar ao sermão por tema o que medita
Hoje confuso e está na mente a revolver.

Então, por essa imensa abóbada soando,
Há-de correr o som de um órgão colossal;
E uma outra cruz no altar, outro esplendor lançando,
Há-de radiar luz nova às letras do missal.

Dia santo há-de ser esse de festa estranha!
Com a mão calosa mão o Povo toma a cruz,
Amostra-a à multidão e — Cristo na Montanha —
Missiona... e a fronte, entanto, inunda-se de luz!

Então o seu doce olhar será como o espelho
Doce, que o filho tem no olhar de sua mãe
E, tendo numa mão erguido o Evangelho,
Com a outra aponta ao longe o vago espaço, além...


II

Ninguém o dia sabe ao certo: entanto, vemos
Pelos sinais do céu que a aurora perto está...
Pelas constelações é que esse espaço lemos...
estrela do pastor desmaia...Ei-lo vem já!

…………………………………………………………..

Sabeis que missa nova essa é que diz o Povo?
E o órgão colossal que, em breve, vai soar?
Qual é o novo altar e o Evangelho novo?
E o tema do sermão que às gentes vai pregar?

O Evangelho novo é a bíblia da Igualdade:
Justiça, é esse o tema imenso do sermão:
A missa nova, essa é missa de Liberdade
E órgão a acompanhar...a voz da Revolução!

Antero de Quental, 1864
Odes Modernas



Sem comentários:

Enviar um comentário